Como É Utilizada A Técnica De Reforço Contingente Em Diferentes Campos Do Cotidiano?

Como É Utilizada A Técnica De Reforço Contingente Em Diferentes Campos Do Cotidiano?

O uso de reforço contingente é usado para reafirmar a compreensão de a idéia de que há algum tipo de conseqüência para comportamentos positivos e negativos. As conseqüências dependem de se a pessoa que fornece o reforço quer que o comportamento seja evitado ou continuado. A chamada técnica de reforço contingente pode ser usada na casa, na escola e no local de trabalho por pessoas que aplicam intencionalmente ou inconscientemente.

Tipos de reforço

A técnica de reforço contingente tem dois aspectos: reforço positivo e reforço negativo, que são usados ​​para aumentar a freqüência do comportamento desejado. O reforço positivo é uma recompensa dada ao comportamento desejado. De acordo com o famoso psicólogo comportamental B. F. Skinner, o reforço negativo ocorre quando "um evento desagradável que precede o comportamento da pessoa é eliminado em face da ocorrência do comportamento desejado". Apesar das conotações do termo, o reforço negativo não é o equivalente à punição. É um tipo de recompensa concedida quando algo negativo é eliminado quando ocorre o comportamento desejado. O castigo é uma conseqüência negativa impostas a comportamentos indesejados com o objetivo de não repeti-lo.

Em casa

Os pais costumam usar reforço contingente para controlar o comportamento de seus filhos. Por exemplo, se uma mãe quer que uma criança compartilhe seus brinquedos com um irmão, ela pode oferecer pequenos elogios cada vez que ela faz. Como a criança gosta de receber a recompensa, continuará a compartilhar para obter mais elogios. Este é um reforço positivo. O reforço negativo ocorre quando a mãe insiste continuamente para que a criança compartilhe seus brinquedos e pare de fazê-lo quando a criança, de fato, começa a compartilhar. A retirada do estímulo negativo (as observações persistentes da mãe) nos convida a continuar com o bom comportamento. O castigo ocorreria se, por exemplo, a mãe decidir confiscar os brinquedos porque a criança não está disposta a compartilhá-los com o irmão.

Na escola

O reforço contingente é visto nas escolas, especialmente no sistema de classificação. Um "A" é dado a um "comportamento desejável" e é uma forma de reforço positivo. Um "F" designa uma falha, uma ação "indesejável" e é considerada uma punição por não completar o trabalho ou não fazer o esforço necessário. Outro reforço positivo é quando, por exemplo, o professor oferece uma recompensa para toda a classe por completar um objetivo. Talvez você possa dar uma pequena "festa de pizza" se todos aprovarem um exame importante.Isso motiva os alunos a fazer o seu melhor para ganhar a recompensa. A perda de um privilégio - não sair para recesso, por exemplo - devido ao mau comportamento é uma forma de punição que é usada na escola após a ocorrência de uma ação ruim ou comportamento indesejável.

No trabalho

O reforço positivo é visto no local de trabalho, muitas vezes sob a forma de levantamentos, promoções ou elogios dados diretamente pelo chefe. O castigo pode ser perder o emprego - ou certas tarefas ou privilégios específicos - como resultado de o trabalhador não fazer o que se esperava dele. O reforço negativo é visto através de uma ameaça - ou comentário de risco - de perda de emprego caso alguns resultados não sejam alcançados ou se determinado comportamento não for cumprido. Um trabalho bem feito eliminará a ameaça de perder o emprego (o estímulo negativo).

Vídeo Tutorial: BEHAVIORISMO RADICAL!!! Condicionamento Operante, Reforço POSITIVO e Punição | #hacksmentais.

Como Este? Compartilhe Com Seus Amigos: