8 Alimentos Que Você Deve Evitar


8 Alimentos Que Você Deve Evitar

Algumas das regras para uma dieta saudável são bonitas Óbvio: Fique longe de fast food, diga "não" aos alimentos fritos e mantenha as microplaquetas e os cookies no mínimo. Infelizmente, comer com inteligência envolve mais do que apenas evitar alimentos que são notoriamente insalubres.

Escondido por trás de uma fachada de adjetivos como "orgânico", "sem gordura" e "natural", há muitos alimentos que podem matar uma dieta e preenchê-lo com calorias. Então, aqui está um aviso para qualquer jantar saudável e bem-intencionado: só porque soa nutritivo não significa que um alimento é bom para você.

Escondido por trás de uma fachada de adjetivos como "orgânico", "sem gordura" e "natural", há muitos alimentos que podem matar uma dieta e preenchê-lo com calorias.

1. Salada

A principal desvantagem de uma salada está arruinando uma refeição cheia de vegetais com centenas de calorias como curativo. "Verifique o rótulo", aconselhou Keri Gans, um nutricionista registrado e autor de "The Small Change Diet". Muitas vezes, um molho de salada em um restaurante tem mais calorias do que um bar de chocolate. "Peça o molho do lado da salada", disse Gans. "Você não deve colocar mais de 60 calorias de vestir nele".

2. Smoothies de frutas

Frutas liquefeitas com iogurte congelado podem parecer um lanche saudável infalível. No entanto, Tara Miller, nutricionista e fundadora do Achieve Balance Wellness and Nutrition Counseling, adverte contra o excesso de algo bom. "As pessoas pensam que, porque é fruto, é saudável", disse Miller. Assim, a maioria dos shakes (especialmente aqueles vendidos em lojas especializadas) são de 16 a 32 oz. E contêm muito carboidrato. Tente manter o consumo moderado e tente adicionar vegetais aos seus smoothies sempre que possível.

3. Leite de soja

Tanto o leite de soja quanto o leite com amêndoas são excelentes escolhas para pessoas que sofrem de intolerância à lactose. No entanto, muitos escolhem as variedades adoçadas ou com sabor a baunilha dessas bebidas, ignorando o excesso de açúcar que elas contêm e prestando atenção apenas às conotações saudáveis ​​da palavra "soja" ou "amêndoa". Se as versões adoçadas são a única coisa que você pode tolerar, no entanto, Miller recomenda evitar o açúcar adicionado, misturando uma colher de chá de sabor a baunilha na variedade de leite não doce.

4. Granola

Granola é um alimento que a maioria das pessoas considera uma opção muito saudável para o café da manhã. No entanto, a granola também pode ter alto teor de açúcar e pouca fibra, diz Gans. "Quando você escolhe um alimento de granola, você deve ler o rótulo com cuidado", ele diz. "Nem todo o granola é criado da mesma maneira".Certifique-se de que o cereal ou granola que você escolhe no contador tenha um mínimo de quatro ou cinco gramas de fibra.

5. Bagels

Vá com pressa no caminho para trabalhar e salteie na loja de café mais próxima para comprar um café da manhã rápido. Por razões de saúde, seus olhos são atraídos para os bagels de farelo ao lado dos rosquinhas no balcão. Mas não deixe a palavra "salva" ou "iogurte" te enganar quando se trata de muffins, adverte Miller. "Coloque esses produtos em vez da categoria do donut", diz ele. Os muffins de farelo geralmente contêm gordura extra, necessária para dar-lhes consistência. Além disso, as versões sem gordura geralmente contêm açúcar adicional para compensar a diminuição do gosto e da sensação na boca.

6. Sushi

Este alimento pode surpreender, uma vez que o atum, salmão e outros peixes comumente usados ​​para preparar sushi são realmente magra. No entanto, quando você considera o queijo cremoso do seu rolo da Filadélfia ou a maionese na maioria dos rolos de atum com sabor, a contagem de calorias dispara. O tamanho da parcela também é importante, diz Gans. Mantenha-se em três roachos de sushi ou menos e escolha arroz integral, quando possível.

7. Turquia Burgers

Quando um desejo de hambúrgueres aparece, a pessoa preocupada com calorias muitas vezes se volta para um hambúrguer de peru como a segunda melhor opção. Mas tenha cuidado, adverte Gans. "Se você tem um hambúrguer de peru feito com carne e pele escuras, você pode ter mais calorias do que um hambúrguer de lombo", diz ele. Se você estiver em um restaurante, pergunte se o hambúrguer tem carne escura e pele de peru no fundo. No supermercado, isso é um pouco mais simples: verifique o rótulo e escolha uma carne magra com menos de 10 g de gordura por porção, aconselha Gans.

8. Alimentos congelados

Decifrar um rótulo

A chave para saber se o alimento que você compra é tão nutritivo quanto parece ser capaz de ler rótulos nutricionais. Alguns conselhos de especialistas podem ajudá-lo a navegar através da informação sobre um pacote de alimentos:

• Tenha em mente o tamanho das porções: "As pessoas estão sempre erradas com o tamanho das porções", disse a dietista registrada Tara Miller. O pacote pode fazer com que um alimento ou bebida se parecem com uma única porção, quando, na realidade, correspondem a dois ou mais.

• Procure alimentos sem gordura trans: "As gorduras trans são ruins para o seu coração", disse Ginn. No entanto, quando você verifica isso no rótulo, você também procura alimentos que não possuem óleos parcialmente hidrogenados, outro ingrediente que você deve evitar.

• Não se deixe seduzir por palavras enganosas: "Orgânico" não significa necessariamente que um alimento é baixo em calorias e "sem gordura" pode ser uma máscara para ocultar muitos açúcares adicionados, diz Gans. Em vez de assumir que essas frases de marketing atraentes indicam que um alimento é saudável, verifique o rótulo e leve em consideração a ordem em que os ingredientes aparecem.Se um componente insalubre, como o açúcar, está no início (ou perto) da lista de ingredientes, fique longe desse alimento.

Vídeo Tutorial: Médicos imploram: pare de comer estes 8 alimentos imediatamente! Veja:.

Como Este? Compartilhe Com Seus Amigos: