Como Os Ímãs Aliviam A Dor?

Como Os Ímãs Aliviam A Dor?

Os profissionais de medicina alternativa acreditam que o uso de jóias magnéticas pode aliviar a dor em os pés, as mãos ou as costas. Embora a medicina tradicional não seja compatível com a crença de que os ímanes podem curar a dor, não existe uma razão científica para essa crença. A terapia magnética baseia-se na compreensão de como os campos magnéticos interagem.

Campos magnéticos e o corpo humano

Ímãs estáticos, como os ímãs encontrados em jóias magnéticas, produzem um campo magnético estático imutável. Acredita-se que esses ímãs tenham um efeito sobre o funcionamento dos nervos, possivelmente bloqueando ou alterando os impulsos da dor. De acordo com o Centro Nacional de Medicina Complementar e Alternativa (NCCAM), os campos magnéticos também podem alterar o equilíbrio entre crescimento e morte celular, aumentar o fluxo sanguíneo para as áreas afetadas ou aumentar a temperatura em torno da área afetada.

História

O NCCAM afirma que a terapia magnética tem sido usada desde a época dos gregos antigos. No terceiro século d. C., os médicos gregos começaram a usar anéis magnéticos para o tratamento de artrite e pílulas magnéticas para parar o sangramento. Na Idade Média, os ímãs foram usados ​​para tratar doenças como a gota e eliminar toxinas com base em metal corporal e para limpar feridas.

Nos Estados Unidos, a popularidade da terapia magnética começou após a Guerra Civil. Os curandeiros acreditavam que a doença poderia ser curada manipulando os campos magnéticos dentro do sangue e vendendo ímãs para esse propósito.

Uso atual de ímãs

Atualmente, os ímãs são usados ​​para curar artrite e eliminar a dor nas costas, articulações, mãos e pés. Muitas pessoas usam jóias feitas de ímãs para curar a dor.

Evidência científica

De acordo com o NCCAM, não existem estudos científicos válidos que demonstrem a eficácia de ímãs para a cura da dor. O NCCAM reconhece que é difícil realizar estudos sobre este assunto, é difícil saber se a melhoria da dor é causada pelos ímãs ou por outros fatores, como a simples crença de que a dor será curada. O NCCAM observa um estudo que mostrou uma ligeira melhora na dor nas costas usando ímãs, mas o tamanho da amostra foi pequeno demais para ser significativo.

O risco de usar ímãs

O NCCAM afirma que pessoas com pacemakers, bombas de insulina e outros dispositivos instalados cirurgicamente não devem usar ímãs porque o campo magnético pode interferir no bom funcionamento desses dispositivos. As pessoas que têm feridas abertas não devem usar ímãs, pois podem interferir com a cicatrização da ferida.Não há outros riscos conhecidos para o uso de ímãs. No entanto, o NCCAM adverte contra o uso de ímãs em vez de ajuda médica tradicional e não apenas como um complemento, uma vez que alguma dor pode ser um sinal de uma doença grave que requer atenção médica.

Vídeo Tutorial: IMAS PARA ALIVIO DE DORES.

Como Este? Compartilhe Com Seus Amigos: