É Demais A Vitamina D Ruim Para Você?

É Demais A Vitamina D Ruim Para Você?

Vitamina D Pode ser obtido através de três fontes diferentes: dieta, luz solar e suplementos dietéticos. Embora o risco de consumir muita vitamina D através da dieta e da luz solar seja praticamente inexistente, algumas pessoas podem experimentar sobredosagem de vitamina D através de suplementos. Uma vez que a vitamina D é uma vitamina solúvel em gordura, o consumo excessivo pode levar à toxicidade da vitamina D, que pode ter uma série de efeitos colaterais.

Noções básicas de vitamina D

Em suplementos e alimentos fortificados, a vitamina D está presente em duas formas diferentes: D-2 e D-3. Ambas as formas de vitamina D podem efetivamente aumentar os níveis de vitamina D. O nutriente ajuda o organismo a absorver o cálcio e é necessário para o crescimento ósseo. Também modula o crescimento celular e a função imune e reduz a inflamação. A falta de vitamina D pode causar uma série de condições, incluindo ossos frágeis, osteoporose e raquitismo em crianças.

Dose e limites superiores

O corpo não pode ser sobredosificado em vitamina D através da exposição ao sol, de acordo com os Institutos Nacionais de Saúde. Além disso, a vitamina D não está presente em fontes alimentares em quantidades elevadas o suficiente para representar uma ameaça, portanto, uma overdose através da dieta também é muito improvável. Se você está tomando um suplemento de vitamina D, o Conselho de Vitamina D diz que em qualquer lugar entre 10.000 e 40.000 unidades internacionais de vitamina D por dia, quando consumido por meses ou uma única dose muito grande, você pode dirigir para a toxicidade da vitamina D. A US Food and Drug Administration recomenda que os bebês não recebam mais de 400 unidades internacionais de vitamina D por dia. Os Institutos Nacionais de Saúde recomendam 600 unidades internacionais para adultos com menos de 70 anos de idade.

Efeitos da toxicidade

Para determinar se os níveis séricos de vitamina D no sangue são muito altos, você pode fazer um exame de sangue. Como a vitamina D ajuda na absorção de cálcio, o alto nível de vitamina D no corpo pode levar a uma condição conhecida como hipercalcemia ou cálcio no sangue. Os sintomas da hipercalcemia incluem sensação de cansaço, cansaço, fraqueza, falta de apetite, confusão, sede, diarréia e dor muscular. Se você notar algum dos sintomas e está consumindo um suplemento de vitamina D, você deve consultar seu médico para determinar seus níveis séricos de vitamina D.

Fontes seguras

Enquanto a vitamina D não está presente em muitos alimentos, é produz em quantidades significativas em peixes gordurosos, como bacalhau, espadarte, salmão, cavala e atum.Também pode ser encontrado em pequenas quantidades no fígado da vaca, gemas e queijo. Alimentos como leite, iogurte, suco de laranja e cereais também podem ser enriquecidos com vitamina D. O óleo de fígado de bacalhau pode ser consumido para obter vitamina D também. Uma colher de sopa de óleo de fígado de bacalhau contém 340% do valor diário da vitamina D. Os Institutos Nacionais de Saúde indicam que entre 5 e 30 minutos de exposição ao sol, entre as 10 e as 15 horas, duas vezes por semana, sem proteção solar, também pode fornecer suficiente vitamina D.

Casos especiais

Como certos grupos podem estar em maior risco de deficiência de vitamina D, eles também podem se beneficiar mais com um suplemento de vitamina D. Esses grupos incluem bebês lactentes, idosos, pessoas com exposição solar limitada, pessoas com pele escura, pessoas submetidas a cirurgia de bypass gástrico e pacientes com doença inflamatória intestinal ou outras condições que possam interferir com a absorção de gordura.

Vídeo Tutorial: ⭐️❤️Conheça 12 sinais de deficiência de vitamina D A vitamina D é muito importante..

Como Este? Compartilhe Com Seus Amigos: