Métodos Para Avaliar A Presença De Câncer Ou Pólipos No Cólon

Métodos Para Avaliar A Presença De Câncer Ou Pólipos No Cólon

Nos Estados Unidos Juntos, o câncer de cólon afeta homens e mulheres igualmente. É o terceiro tipo de câncer mais comum e a segunda principal causa de morte por câncer em ambos os sexos. As diretrizes nacionais recomendam que, a partir dos 50 anos, todos os homens e mulheres passem por triagem para câncer de cólon, mesmo que não tenham sintomas ou tenham antecedentes familiares.

Os pesquisadores acreditam que os pólipos do cólon são precursores do câncer de cólon. Por essa razão, a detecção e remoção de pólipos pode reduzir o risco de desenvolver a doença. Os métodos de detecção atuais incluem colonoscopia, enema de bário com contraste duplo ou DCBE e sigmoidoscopia flexível combinada com testes de sangue oculto fecal.

A colonoscopia é considerada o estudo-chave para a detecção de pólipos. O procedimento consiste em passar de uma câmera flexível através de um cólon limpo, o que permite que o médico visualize todo o seu revestimento. A vantagem da colonoscopia é que permite que os pólipos ou lesões do cólon sejam removidos e examinados ao microscópio. Geralmente, esse procedimento é realizado enquanto o paciente está sedado.

Durante um enema de bário com duplo contraste, o médico coloca um pequeno tubo no reto e enche o cólon com ar e bário, o que destaca a área para permitir a obtenção de uma placa de raios X. Os pólipos ou outras irregularidades aparecerão nas radiografias. A desvantagem deste procedimento é que pode perder pequenas lesões. Além disso, se uma lesão for encontrada, o paciente deve ter o colon limpo novamente para se submeter a uma colonoscopia.

A sigmoidoscopia flexível é um procedimento no escritório em que uma câmera flexível é passada através do reto para o cólon esquerdo, em uma área de aproximadamente dois pés. Não requer sedação e é um método seguro. Embora permita uma avaliação adequada da parte do cólon que é capaz de atingir, negligencia pólipos e lesões que estão além do alcance.

O teste de sangue oculto nas fezes identifica a presença de sangue em uma série de amostras de fezes. Os pólipos e o câncer de cólon geralmente envolvem sangramento leve nas fezes. Este teste, capaz de identificá-lo, é fácil e barato, mas é apenas uma ferramenta de detecção. Se o teste for positivo, ele deve ser seguido por uma colonoscopia que identifica a localização dos pólipos e, possivelmente, trata a fonte. Para a detecção de pólipos e câncer, ele deve ser combinado com uma sigmoidoscopia flexível e, mesmo assim, muitas lesões podem ser negligenciadas.A colonoscopia é a melhor ferramenta quando usada conforme indicado pelas diretrizes nacionais.

Seu médico pode recomendar diferentes opções de tratamento se tiver sinais ou sintomas ou ter antecedentes familiares de câncer de cólon. A detecção é frequentemente determinada pelo tipo de rastreio realizado e pelos resultados dos testes iniciais.

imagem de carne por Susan Rae Tannenbaum da Fotolia. com

Disclaimer

O Dr. Hoffman não endossa nenhum produto que faça parte deste site.

Vídeo Tutorial: Que tipo de pólipo intestinal pode virar câncer?.


Como Este? Compartilhe Com Seus Amigos: